2º ICLOC Jovem
» Leia mais

3º Seminário de Educação: Tendências sobre o ensino
» Leia mais

1° Debate ICLOC: "A Identidade do Ensino Médio e as propostas curriculares"
» Leia mais

Ações

10º Congresso ICLOC - Práticas na Sala de Aula


O evento reuniu educadores de escolas públicas e particulares para compartilharem suas práticas.

O Congresso de Práticas na Sala de Aula, organizado pelo Instituto Cultural Lourenço Castanho (ICLOC), chegou em sua 10a edição com mais de 1.000 trabalhos inscritos que foram apresentados por aproximadamente 1.700 educadores. O evento aconteceu no Colégio Presbiteriano Mackenzie e reuniu educadores e gestores de escolas públicas e privadas para compartilharem informações e experiências de sala de aula.

Com três horários de apresentações que contemplaram 274 sessões, o ICLOC proporcionou um momento de troca e debate entre os educadores, com práticas realizadas em todas as fazes escolares, da Educação Infantil ao Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os temas foram os mais variados, tratando de assuntos sobre tecnologia em sala de aula, modelos de gestão em escolas, alfabetização e inclusão e muitos outros.

A colaboradora da Editora Mackenzie, Luana Dias, que participou pela primeira vez do Congresso, destacou a importância do evento. “Esse momento que o ICLOC proporciona é muito importante para a educação. O trabalho do professor, geralmente é solitário e, nessas oportunidades, há uma chance de conhecer mais pessoas e de saber o que acontece em outras escolas”, comenta. Já a coordenadora de tecnologia educacional, Myrta Biondo, que participou de cinco edições do ICLOC, ressalta a troca de conhecimento. “Essa é a oportunidade de sairmos dos muros das escolas e ver outras coisas, em outras realidades e com um público diferente. Isso nos alimenta e nos dá novas ideias, o que é muito bacana”, diz.

A Organização Liga Solidária, por meio dos coordenadores pedagógicos, David Cardoso, Priscila Antunes e Thais Rosa, apresentou a prática “Construindo Laços de Afetividade: Uma experiência para a vida”, como parte do programa “Primeira Infância” que mostra os encontros de crianças com idosos, proporcionando afetividade e trocas entre gerações.

Para falar de educação inclusiva, a Instituição Turma do Jiló trouxe o projeto “Uma proposta inclusiva para o ensino de história: o jogo como um recurso de acessibilidade”, apresentado pelas professoras Ana Paula Sanches e Pâmela Martins. “Realizamos um trabalho de RPG (interpretação de cartas) para juntar os alunos ditos normais com os que possuem algum tipo de dificuldade especial. Eles mesmos confeccionaram as cartas, colocando os personagens históricos sobre o período da peste negra e montaram o jogo. O trabalho deu certo e foi muito gratificante”, destaca Ana Paula.

A diretora da escola Elvira Brandão, Andrezza Amorelli, apresentou o trabalho “A gestão como lugar de formação e implantação de processos inovadores” e compartilhou sobre o desafio da implantação de novos processos na gestão escolar. “Temos pensado em uma proposta de gestão na qual, em determinados momentos, as pessoas são mais líderes do que eu mesma, fazendo uma equipe que trabalha muito junta, e é sobre isso que eu vim compartilhar”, destaca Andrezza.

Após as apresentações, os participantes dirigiram-se ao auditório Rui Barbosa para a palestra de encerramento cuja temática foi o “Protagonismo do Aluno”.

Clique aqui para baixar o livro do 10º Congresso ICLOC de Práticas na Sala de Aula.

Clique aqui para seguir o ICLOC no Facebook.

Clique aqui para seguir o ICLOC no Instagram.

VEJA TAMBÉM: